A relevância das fontes de informação externas na capacidade inovadora de empresas de gestão de resíduos: estudo de casos

Leandro Ferreira, Filipa Marina Dionisio Vieira

Resumo


Este trabalho, baseado no estudo de seis empresas do sector de gestão de resíduos, pretendeu determinar onde e como estas empresas adquirem o conhecimento necessário para o desenvolvimento das suas actividades de inovação, o que implicou responder às seguintes questões de investigação: Quais são os parceiros com que as empresas se relacionam? Qual o papel diferenciado de cada um desses parceiros? Deste modo, tomou-se como quadro conceptual as abordagens actuais sobre a temática da inovação, desenvolvendo-se um suporte teórico e empírico, que permitiu identificar e analisar os factores externos que influenciam o comportamento inovador destas empresas. Permitiu, verificar que o padrão de relacionamentos destas empresas do sector de gestão de resíduos envolve outras empresas, nomeadamente clientes, fornecedores e concorrentes, bem como instituições académicas e centros de investigação, e consultores e instituições de investigação privadas. Também permitiu constatar que são mais consistentes as ligações que estas empresas mantém com outras empresas, sejam estas clientes ou fornecedores, do que com instituições académicas e centros de investigação, e consultores e instituições de investigação privadas. E, confirmou, que apesar das ligações serem pontuais, as empresas mais inovadoras, isto é, as que desenvolvem inovações do tipo “novo para o mercado” são as que mais se relacionam com instituições académicas.


Texto completo:

PDF/A